sábado, 23 de agosto de 2008

PRAÇA JOÃO PESSOA



Essa foto mostra como era a Praça João Pessoa dos anos 40. Ainda não havia a tradicional fiação elétrica de hoje, apenas a posteação em concreto do canteiro central. Um detalhe que chama atenção na foto está justamente na tabuleta de divulgação do Cine Eden, que anunciava o filme do dia: "Uma Garota de Sorte" ou "Easy Living" (título original). Produzido em 1937, pelo diretor americano Mitchell Leisen. A fita trazia no elenco os atores Jean Arthur, Edward Arnold e Mary Nash.

foto: (preto/branco) http://www.defatosefotos.hpg.com.br
foto: (cor) meramente ilustrativa

sábado, 16 de agosto de 2008

OS TRÊS BUENA'S AMIGOS.



Clube 1º de Maio; Carnaval dos anos 80. Aqui, em uma daquelas antigas matinês, o hoje radialista Jarismar Pereira (irmão dos jornalistas Adjamilto e Josival Pereira)  com os artistas plásticos Marcos Pê (no centro) e Cleudimar Ferreira (lado direito da foto). Os desenhos que ilustram a parede ao fundo são de autoria de Marcos Pê e fezeram parte do projeto de decoração para os três dias de carnaval do clube, assinado pelo próprio Marcos, Aldacira e Cleudimar).

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O Grande, Velho Açude.


............................................................................................................
As tuas águas cinza,
perfuma as manhãs serenas
As tuas águas azuis,
fornece a energia das tardes
As tuas águas cristalinas,
contempla o mais belo sol
As tuas águas escuras,
esperam as noites chegarem

Vem, vamos todos
Ver a lua nas águas
do grande - velho açude.

foto: Galdino Vilante


domingo, 10 de agosto de 2008

CARNAVAL DOS ANOS 50



O carnaval de cajazeiras nos anos 50, tinha entre suas atrações desfilhes de troças, charangas e carreatas (que na maioria, eram formadas por caminhonetas chevrolet e Jippe's sem capotas) lotados de pessos travestidas de pierrós, colombinas e arlerquins. Persoganes regados a muito pó e água. A praça João Pessoa era o palco desse tipo de carnaval mela-mela - como era chamado por todos. Deixou saudades.

EM UM BAR



O Advogado e Político de Esquerda Bosco Barreto, rodeado de lideranças do MDB cajazeirense. Entre tantos personagens, alguns bastates conhecidos, como o ex-secretário da Câmara Municipal Professor Alexandre Gomes - com um copo na mão e ao seu lado esquerdo, o lendário e folclórico "Caverinha". Também podemos ver, o farmacologista "Seu Nô" (o segundo no canto esquerdo da foto).

foto: http://www.defatosefotos.hpg.com.br

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

COMO ERA LINDA A NOSSA FONTE



Escreveu o amigo Tino, quando na época eu estava na terra dos bandeirantes: "Cleudimar, esta vista é para você mostrar aos paulistas um trecho de nossa cidade. Ok!" Ironicamente hoje, no trecho descrito por Tino, não vê fonte, não vê flores, não vê luzes, não se vê cores, e quase não se vê nada. Apenas o coreto e as lembranças de um local que apaixonou e encantou os olhos de todos cajazeirenses. Um certo trecho da cidade que ficou conhecido como Praça da Cultura.

foto: AMBROSIANA/Livraria Rio Piranhas - Tavares Fotografias

domingo, 3 de agosto de 2008

ARTE NA PRAÇA



Década de 80. Aqui os artistas plásticos Marcos Pê, Cleudimar e Telma Cartaxo, trabalham na montagem de mais uma das Exposiçãos Coletivas de Artes realizada pelo Núcleo de Artes da UFPB. Desta feita, ao ar livre na Praça da Cultura. A exposição fez parte da programação da XXII Semana Universitária de Cajazeiras.

NOS TEMPOS DA AUC



As semanas universitárias realizadas em cajazeiras ofereciam a cidade uma semana de eventos culturais, como palestras, seminários, exposições de artes, teatro, cinama, feira de artesanato, festival da canção e poesia, torneios esportivos e bailes no Cajazeiras Tenes Clube. Realizadas entre os começos dos anos 70 até o meio da década de 80, elas trouxeram à cajazeiras figurões da política paraibana e nacional a exemplo de Ronaldo Cunha Lima e Roberto Freire, todos críticos ferronhos do regime militar e galopantes da redemocratização do país. Os universitários com suas Rolleyflexs na mão e suas ideais glauberochianas, enquadrou na cidade o debate sobre o cinema novo. Daí vieram as exibições dos filmes de artes na Biblioteca Municipal e a posterior fundação do Cine Clube Vladimir Carvalho. Bos tempos da AUC.


As semanas universitárias tinha um hino que agente cantava assim...

Cajazeiras cidade que ensina
Não esquece a sua tradição
Anualmente realiza
Uma grande promoção
Semana universitária
É integração
da Cultura, do esporte e diversão
do Universitário ao homem do sertão


























Marcílio Cartaxo, Antonio Rangel e Irlem Guimarães e Valiomar Rolim, durante o intervalo de uma das festas que sempre acontecia no Cajazeiras Tênis Clube, no encerramento das Semanas Universitárias 



sábado, 2 de agosto de 2008

COLÉGIO COMERCIAL, ONTE E HOJE.


No final da década de 60 e início dos anos 80, o Colégio Comercial Municipal Mosenhor Constantino Vieira, foi responsável pela formação de profissionais em contabilidade, objetivando subrir a demanda de um comércio em franco espansão no alto sertão. Aqui duas fotos. O "Comercial" do passado, com arquitetura símples, porém presente o romantismo de uma época e o "Comercial" de hoje, uma caixa pessada e fechada, sem a leveza e a simplicidade da antiga sede.

foto: (preto/branco) http://www.defatosefotos.hpg.com.br foto: (cor) meramente ilustrativa