sexta-feira, 26 de março de 2010

O "CRISTO REI" SITIADO





Um dos pontos pitorescos da cidade de Cajazeiras está desaparecendo. Eleito por aclamação pela população e visitantes como o principal atrativo turístico da cidade, o “Cristo Rei” (como se ver na foto ao lado) é hoje um monumento esquecido pelos poderes públicos - municipal e estadual; responsáveis imediatos pela sua conservação e manutenção. Doado pelo Senhor Silvino Bandeira aos cajazeirenses em 1939, na administração do Prefeito Celso Matos, o “Cristo Rei”, durante décadas, tem se tornado cada vez mais na principal simbologia histórica e religiosa da cidade quando se quer divulgar o nome de Cajazeiras em feiras, eventos e campanhas publicitárias de fomento ao turismo local. Entretanto, toda sua importância histórica e religiosa, ainda não foi suficiente para sensibilizar esses “poderes” que alheio ao problema, abrem as suas pernas, numa total atitude despudorada e permitem que empresas de telefonia, tv e rádio (em nome da tecnologia) se instalem ao redor do Cristo sem nenhum ônus para o erário público; Imprensando, sufocando com suas poderosas antenas, acabando com a história e com a principal referência turística da cidade. Fora as antenas, fora as parabólicas, fora as ondas magnéticas que com certeza não faz bem a saúde e fora a ansiedade de destruir o pouco que ainda resta de história e passado da cidade. Com a palavra, os senhores prefeitos que já passaram e que estão passando pela administração municipal, que numa aposição suspeita - são como e/ou se fosse o “Pirata” da garrafa de Montilha: fecha um dos olhos e faz de conta que o outro não enxerga bem; não deixando o "Cristo" reinar no lugar onde sempre foi dele.

Um comentário:

Anônimo disse...

Espero que as pessoas mostrem nas urnas o desprezo com pessoas que compactuam com o assassinato do patrimônio público.

joylce barreto