quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O jovem Padre Vicente

A foto acima, talvez seja uma das mais antigas do (jovem) Padre Vicente Freitas, que viria ser na posteridade o Monsenhor Vicente Freitas - Personagem bastante carismático e conhecido de todos cajazeirenses. Obstinado e as vezes parecendo ingênuo e paciente, porém conservador ao extremo (não largava a batina nem para dormir); Padre Vicente praticamente começou o seu ministério sacerdotal na cidade de Pombal/PB, onde foi Vigário e Diretor do Colégio Diocesano daquela cidade por 5 anos - entre 1945 a 1950. Em Cajazeiras exerceu funções importantes, tanto na Cúria Diocesana como no setor educacional e cultural - as mais destacadas; a de Diretor do Colégio Estadual Crispim Coelho e a de Secretário de Educação municipal, em uma das administrações do Prefeito Chico Rolim. O nosso Padre/Monsenhor Vicente Freitas, nasceu em dois de março de 1914 e faleceu em seis de março de 1982, em João Pessoa, vítima de acidente de carro (um atropelamento) na Av. Eptácio Pessoa. Foi enterrado na Capela interna de Nossa Senhora do Perpétuo do Socorro, edificada ao lado esquerdo da nave central da Catedral de Nossa Senhora da Piedade, em Cajazeiras.

Monsenhor Vicente Freitas ladeado por representantes 
da sociedade de Pombal

Monsenhor Vicente Freitas ladeado por crianças da primeira
comunhão, frades e religiosos em Pombal



Um comentário:

Anônimo disse...

Ele era bastante exigente, qdo fazia as reuniões no patio do colegio, sempre abordava assuntos do tipo: Quem quebra carteira e destroi o patrimnonio publico e CUMPIM DO MUNDO, uma certa vez qdo. passou o prazo estipulado de comprar as (FARDAS) uniformes escolares, que serai; calça/saia azul marinho , meias brancas, sapaqto preto, e se não fosse asim não entraria na sala de aula, um dia minha Mãe foi comigo la, falar com ELE das dificuldades de aquisição deste uniforme, pois eramos apenas 13 irmãos e meu pai estava desempregado, ele se virou pra ela e disse: Arrume um emprego pra sues filhos... etc tal então ela respondeu: Monsenhor nessa cidade e dificil emprego ate para os adultos qto + para meus filhos menores... ele nem sequer facilitou nada e nem deu um novo prazo,,, ela estão Respondeu PASSE BEM, DAI ENTENDI que neste mundo so vale quem tem. Graça a Deus saimos de la e hoje como o tempo ja passou estudamos e todos nossos irmãos conseguiram dar a volta por cima e o tempo passou mesmo sou hoje Contadora e moro em São Paulo, ja sou ate Avo ^, estou muito bem obrigado