quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Otacílio Jurema: Um Senador por Cajazeiras.

....................................................................................................................................................................................

Filho de Joaquim Victor Jurema e Cecília Guimarães Jurema, o Dr. Otacílio Jurema - como era conhecido e chamado, não era cajazeirense de nascimento, pois nascera na cidade vizinha de São João do Rio do Peixe em 8 de março de 1900.

Era Médico e foi Secretário da Saúde do Estado; Prefeito de Cajazeiras entre 1951 a 1955; Suplente de Senador da República em 1954 e Senador eleito pelo PSP de 1955 a 1959; Deputado Estadual em 1962 pela legenda PSB com 2.203 votos obtidos. Teve alguns trabalhos de destaques publicados, como por exemplo, os livros Aspectos do Nordeste - abordagem política e questionadora dos problemas nordestinos eTerapêutica dos Fibromiomas Uterinos - com conteúdo relacionados a literatura médica.

Na Prefeitura de Cajazeiras, entre tantas obras realizadas na sua administração e que até hoje podemos ver ainda na cidade, se destaca a construção das pontes sobre o sangradouro do Açude Grande e a que liga o Estádio de Futebol Higino Pires Ferreira ao antigo Colégio Diocesano Padre Rolim. No setor educacional Dr. Otacílio fundou a Escola Técnica do Comércio e instalou o ensino técnico comercial. Construiu a que podemos chamar de principal obra de sua administração, o Edifício Sede da Prefeitura Municipal.

Como representante da Paraíba no Senado, Otacílio Jurema teve uma atuação marcada na denúncia de abandono e busca de soluções para os problemas da região nordestina. Num discurso proferido no dia 03 dedezembro de 1957, o mesmo deixou bem claro os seus objetivos no Senado Federal, quando fez um forte apelo às autoridades constituídas, no sentido acabar com os entraves que impediam o crescimento econômico do Nordeste, causados - segundo ele, pela ausência de planejamento do antigo DNOCS, secas consecutivas, miséria e analfabetismo da população. Ainda no mesmo discurso, o Senador Jurema já profetizava a necessidade de investimento do governo Federal no setor de ferrovias e rodovias, construções de açudes, porto para escoamento da produção, mais recursos para agricultura e pecuária. Um plano de desenvolvimento regional bem estruturado que tirasse o Nordeste do atraso.

Em outra investida do Senador na tribuna do Senado, deste feita em 19 de fevereiro de 1957, ele denunciou a crescente migração - na época, do povo nordestino para a região sudeste, uma prática que para o Senador não melhorava a vida do nordestino, más que só causava prejuízos a economia do sofrido nordeste..Pediu a construção de canais de irrigação para estimular a agricultura. Outra participação do Senador Otacílio Jurema que merece destaque, foi em 14 de abril de 1958. Usando da palavra ele chamou atenção dos seus pares para gravidade do problema da seca e conseqüentemente o crescimento da tensão social no interior do nordeste. Criticava a insuficiente providência do Governo de agir com rapidez na liberação de verbas para o atendimento da população carente e finalizava agradecendo ao Prefeito Adhemar de Barros, de São Paulo, pela remessa de gêneros alimentícios, medicamento e auxilio ao povo sofrido do interior do Nordeste.

Sendo um conhecedor abalizado dos problemas sociais de sua região, foi um política atuante na defesa do Nordeste e da Paraíba no Senado Federal. Fez história, talvez, nem tanto entrou para história, pois apesar de ter feito muito por Cajazeiras numa época onde os recursos públicos era quase nada, envelheceu e morreu em sua mansão na Rua Victor Jurema, desprestigiado e esquecido por todos.
.......................................................................................................................................

     Álbum Fotográfico  


    Cartaz da Campanha para Prefeito em 1962.     



     Foto 1. Durante a formatura em Medicina em 1923     




     Solenidade de pose como Prefeito de Cajazeiras em 1962.     


       Ao lado Presidente da Repúblico Juscelino Kubitschek.      


      Sendo Homenageado por Juarez Távora.     


      O Senados Otacílio Jurema visitando os flagelados da Seca em 1958.     


     Com o Governador Pedro Gondim durante a pose do segundo mandato em 1959 .    


     Um dos grandes comícios de Campanha em Cajazeiras.     


      Inauguração da sede do Fórum - instalado no pavimento superior da Prefeitura.     


     Com Pedro Gondim, na pose do segundo mandato em 1959.     


     Otacílio Jurema durante a velhice.     


     Otacílio Jurema e o seu inseparável cão.     





Fontes: Aquivos do Senado Federal e Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba

Nenhum comentário: