domingo, 9 de outubro de 2011

Atores de Cajazeiras são os únicos nordestinos a participarem de "O Filme dos Espíritos", que tem lançamento nacional


         A Paraíba é o único estado nordestino a contar com participação de cinco atores em “O Filme dos Espíritos”, que estreará, nacionalmente, próxima sexta-feira (dia 7 de outubro). Com produção do Mundo Maior Filmes e distribuição do Paris Filmes é dirigido por André Marouço e Michel Dubret. Conta a história de um homem que após perder a esposa e a caminho do suicídio, se depara com “O Livro dos Espíritos”. Aí começa a jornada de transformação interior rumo aos mistérios de vida espiritual e suas influências no mundo material.
      Exemplifica a lei de ação e reação através da reencarnação e mostra que as relações humanas, fundamentadas em amor e ódio, não se rompem com a morte. Ao lado de atores consagrados como Reinaldo Rodrigues, Nelson Xavier, Ana Rosa, Ênio Gonçalves, Etty Fraser e participação especial de Luciana Gimenez, os atores paraibanos são: Larissa Mayara, Karen Caroline Chaves, Anacleto Vieira, Andersom Rolim e Francisco Hernandez de Oliveira.
      O filme é um longa que reúne no conteúdo seis curtas-metragens. O premiado da Paraíba foi "Mamãe, café e água". Para participar da produção cinematográfica, o elenco paraibano concorreu com mais de 100 roteiros oriundos de diversas partes do Brasil. Produzido por uma equipe do Centro Espírita “Os Cireneus do Caminho”, em Cajazeiras, fazem parte do Grupo de Teatro Renascer (GTR).
      Segundo a líder do grupo e diretora do Departamento de Divulgação de “Os Cireneus do Caminho”, Lúcia Siébra, a equipe elaborou o roteiro “Mamãe, café e água”, baseado no tema “esperanças e consolações” de O Livro dos Espíritos e enviou para a produção. Ela disse que a equipe recebeu a notícia da seleção com um misto de surpresa e alegria.
       O curta "Mamãe, café e água" trata de uma jovem mãe de família vive seu cotidiano recordando o dia do assassinato de seu marido. Correndo igualmente perigo de vida, é aconselhada pelo padre local, e passa a entender a possibilidade da felicidade futura, baseada no perdão, no presente.
       A filmagem do curta foi realizada no distrito de Várzea da Ema (Santa Helena) cidade vizinha de Cajazeiras. Para isso, a equipe do Mundo Maior (São Paulo) passou dez dias fazendo teste com os atores profissionais e amadores para produção do curta. Além disso, Edivânia Figuerêdo Rodrigues, do Grupo Espírita “Os Cireneus do Caminho” foi convocada a participar da equipe de filmagem do longa em São Paulo.
      Além dos atores, o curta contou com os roteiristas: Andersom Rolim de Brito, Francisco José Gonçalves e Ricardo dos Santos, além do coadjuvante do diretor, Janduí Cassemiro. O filme é inspirado em O Livro dos Espíritos e os interessados em conhecer antes pode conferir a edição virtual no portal www.fepb.org.br

Veja o Trailer abaixo


 

Nenhum comentário: