sábado, 6 de abril de 2013

Dom João da Mata. Uma foto que parece mais um postal do que uma fotografia.


"Aos caríssimos... parentes e amigos, homenagem de gratidão. João - Bispo de Cajaeiras." 

Uma (rara) fotografia com dedicatória do Bispo Diocesano de Cajazeiras Dom João da Mata Amaral e Andrade (08/02/1898 - 07/11/1954). Natural de Altinho sertão de Pernambuco, o sacerdote esteve à frente da diocese de Cajazeiras entre os anos de 1934 a 1941. O religioso foi o responsável direto pela realização do 1º Congresso Eucarístico Diocesano, em 1939, um evento de cunho religioso-social em comemoração ao Jubileu de Prata da criação da Diocese e posse do seu Primeiro Bispo. Na diocese de Cajazeiras, o mesmo dedicou boa  parte do seu bispado as obras de vocações sacerdotais, tendo organizado a formação da Ação Católica e construção de sua sede própria. Na sede episcopal, reconstruiu o Colégio Diocesano Padre Rolim, tornando-o um edifício imponente (hoje tombado IPHAN), com dois pavimentos, cuja direção foi confiada, na época, aos Padres Salesianos. Reconstruiu o Ginásio Escola Normal Nossa Senhora de Lourdes, também com dois pavimentos. Reconstruiu o Prédio Vicentino. Construiu o Hospital Regional de Cajazeiras, depois encampado pelo Estado. Iniciou a construção do prédio da nova Catedral e concluiu o acabamento do Palácio Episcopal. Em outras cidades da Diocese, criou e instalou os seguintes educandários: Colégio Diocesano de Patos; Colégio Diocesano de Catolé do Rocha; Escola Normal Francisca Mendes, em Catolé do Rocha; Escola Normal de Itaporanga; Escola Normal de Princesa Isabel e a Escola Normal de Santa Luzia do Sabugi. 



Nenhum comentário: